sexta-feira, 24 de outubro de 2008

Ditadores Inversos

Primeiras aparições do grupo de declamadores, coisa boa a sensação de 'poetizar' em público novamente! Alguns colegas absolutamente se revelando, uns morrendo de medo antes das apresentações, uns saindo fascinados; pedindo mais. O pessoal do EJA, parecendo tão cansado e mesmo assim prestando tanta atenção. O risinho depois do final de 'Porquinho-da-Índia', o entendimento ('o meu porquinho-da-índia foi a minha primeira namorada'), o alumbramento de alguns. A reação espantada do menininho, o pessoal da robótica nos olhando como se fôssemos completamente loucos. A cabra, sempre tão.. CABRA. A escadaria vazia, a procura por novos públicos, o querer fazer poesia! Que venha muito mais!

2 comentários:

Pedro Machado disse...

Olha só a minha flor do campo se apresentando Chiuf Chiuf
hehe

Yabukishin disse...

"o querer fazer poesia!"

when I was young...

minha adolescência todinha esse post...